domingo, 15 de fevereiro de 2015

Aprendi

Aprendi, que nada sei...
que tudo sei...
que tenho muito...
para aprender.
Aprendi a ter...
mais paciência...
com os outros e...
 muito mais comigo.
Aprendi a viver...
 escutando com a alma.
Sentindo meu coração...
nas batidas em comunhão...
do saber e crer.
Aprendi a esperar...
com ternura o...
tempo do saber.
[Autora; Rufina Lima Mesquita]

4 comentários:

Lilá(s) disse...

A vida é uma constante aprendizagem.
Bjs

alegria de viver disse...

Obrigada amiga, viver é aprender queira ou não.
Com carinho bjs.

Eliane disse...

Amiga e irmã querida!
Lindo poema com sábias palavras!
Um beijo no seu coração!

alegria de viver disse...

Obrigada irmãzinha

Obrigada por ser tão minha amiga beijos.