domingo, 11 de janeiro de 2015

Incerteza

Quando tenho...
certeza do certo?...
Quando o certo...
está certo?...
Tem certeza...
do que é certo?...
Quantas incertezas.
Estas são dúvidas...
de uma vida...
querendo acertar.
Viver com alegria...
dia a dia...
com a certeza...
de bem estar.
Estou certa...
que a certeza...
mora no coração...
e fala de amor.
[Autora; Rufina Lima Mesquita]

3 comentários:

Maria Rodrigues disse...

A vida é feita de incertezas.
Lindo poema
Beijinhos
Maria

Eliane disse...

Querida amiga e irmã!
Você está no caminho, buscando acertar a partir do coração e do amor.
Que linda estrada essa imagem de cima!
Com muito carinho. Bjs.

António Jesus Batalha disse...

Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns,
também agradeço por partilhar o seu saber, se achar que merece a pena visitar o Peregrino E Servo,também se desejar faça parte dos meus amigos virtuais faça-o de maneira a que possa encontrar o seu blog,para que possa seguir também o seu blog. Paz.
António Batalha.