terça-feira, 8 de junho de 2010

Dói


Uma dor...
com sentimento...
dor de sentir.
No pesar da angustia...
no aperto do coração...
lágrimas salgadas...
sentidas molhadas...
escorrem até ao chão.
Num querer...
desabafar...
toda a...
tristeza brotar...
em fatias...
dobradas...
com paladar.
Dor para aceitar...
e depois guardar.

[Autora: Rufina Lima Mesquita]

46 comentários:

Jakeline Magna disse...

Belas palavras... adorei...
beijão

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

A angústia sempre pesa no coração.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Fernanda disse...

E ainda bem que existem as lagrimas para por vezes darem guarida a tristeza que de tao fortes, precisam de uma fonte para desaguar. Gostei!
Boa semana.
Fernanda

Canduxa disse...

Sentir a dor faz-nos olhar o céu e descobrir que nada é permanente.
Na dor há sempre alguém que limpa as lágrimas e seres invisíveis que nos ajudam a ultrapassá-la.
Momentos que passam e que nos ajudam mais tarde a compreender porque aconteceram.


Meu abraço de Luz, querida amiga

canduxa

EVELIZE SALGADO disse...

Rufina, querida.

A dor é momento,
seu resultado é crescimento.
Não há dor eterna.
Nem a mais doída,
nem a mais profunda,
nem a mais amarga,
nem a que deixa cicatriz...
Às vezes, ficam as marcas.
Que sejam um aprendizado
e nos tragam a sabedoria
de curá-las com AMOR.

Um grande beijo curador!

CarlaSofia disse...

E quando doí dessa maneira temos de deixar o tempo curar. Só o tempo cura... ou ameniza.
beijinhos*

Um dia de cada vez... disse...

"Dor para aceitar
e depois guardar"

Uma verdade absoluta essa frase.
Espero que essa angustia já tenha partido.

abçs
Adriana

FlorAlpina disse...

Dói, ás vezes dói!
Mas é contornando a dor que nos tornamos mais fortes...

Bjs dos Alpes

Lilah disse...

Dor rima com amor
E ele sempre vai brotar
No coração da Alegria
Alegria de brincar.

Tua presença encantada
Encanta nossos trilhar.
Tuas palavras sentidas
Também vem iluminar.

Luzes, querida amiga
Vão te acompanhar
Nesta viagem encantada
Que nos ensina voar.

Eli. disse...

Tudo é passageiro... depois vem a alegria de viver...

walter disse...

Olá amiga!

Olhe a Canduxa falou e disse...
é isso mesmo, pelo menos o que eu acho!

"toda a tristeza brotar em fatias dobradas com paladar"

"Minina", que coisa linda, deu até um arrepio na pele!

Vá... agora eu dou um beijinho que cura qualquer dor, sim ?
Um grande abraço ao maridão e ao Israel, tô com saudade viu?

Beijos

manuela baptista disse...

Rufina

se em fatias

a tristeza brotar

que sejam as douradas
doces e cheias de canela!

se não conhecêssemos a dor, como reconheceríamos a alegria?

um beijo doce
para ajudar a curar

Manuela

Lilá(s) disse...

E depois da tempestade virá a bonança...
Bjs

AFRICA EM POESIA disse...

Rufina
Nesta DOR...omeu poema


Um beijo

Furtado

meu amigo
vamos andando e rodopiando.
Eu tenho andado com problemas no meu joelho mas acredito que vou ficar bem


um beijinho

Eliane disse...

Amiga querida!
Que lindo poema sobre a dor!
Entregue sua dor a Deus e confie que ele sabe o que é melhor para nós.
Um grande abraço!

Brancamar disse...

Querida Rufina,

Eu acho como a Manuela "se não conhecêssemos a dor, como reconheceríamos a alegria?"
Sempre que ela vem temos que a aceitar e deixar passar a onda, o tempo tudo cura...

O lugar que quer conhecer tem a ver com uma bonita história de amor do nosso rei D. Pedro I e D. Inês de Castro e chama-se Quinta das Lágrimas.
O Walter um dia destes conta-lhe toda a história, pois eu não tenho como e aqui ficava um texto muito longo.

Beijinhos
Branca

Carolina Arêas disse...

... e depois transmutar?!

Será? Torço que sim.

Muitos beijos.

Sofia Carvalho disse...

Rufina tistes mas belas palavras!
Beijinhos querida!

José Sousa disse...

Fiquei deslumbrado não só com seu blog, como também pelas suas postages, maravilha! Gostei e irei continuar a vir aqui!
Conheça os meus em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração do tamanho do mundo.

Maria José disse...

Rufina. Adoro os seus poema. "Dor para aceitar... e depois guardar." Lindo. Obrigada por suas palavras carinhosas no Arca. Elas me fortalecem. Beijos, amiga e fique com Deus.

Maria José disse...

Rufina. Adoro os seus poema. "Dor para aceitar... e depois guardar." Lindo. Obrigada por suas palavras carinhosas no Arca. Elas me fortalecem. Beijos, amiga e fique com Deus.

Tatiana disse...

Obrigada por suas palavras em meu blog, elas me ajudaram a fortalecer o coração!
Espero que em breve seu coração pulse forte de alegria.
Beijos com carinho

Lilá(s) disse...

E a alegria de viver já voltou?
Bom fim de semna.
Bjs

CASA ESPIRITA JOÃO EVANGELISTA disse...

MEU DEUS QUE LINDO ESPAÇO DO BEM.
PARABENS, PARABENS MESMO, TODAS AS FORMAS DE BONDADE QUE LEVAM CONSOLO AOS NECESSITADOS É CRISTAMENTE PERFEITA...

VISITEM O NOSSO CANTINHO DO BEM

WWW.CASAESPIRITADRP.BLOGSPOT.COM

FIQUEM COM DEUS

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Hoje é dia dos namorados e, como amo criatividade, essa propaganda tem tudo a ver:

http://www.youtube.com/watch?v=M4nFe8WL-wQ

Espero que goste.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Hana disse...

Oi minha linda, corri aki t ler, que saudades deste cantinho, aiiiii, aki ta uma delicia, tem cheiro da paz, o frescor do amor, seu post me emociona.
com carinho
Hana

Maria José disse...

Passando para lhe desejar um bom domingo. Beijos, amiga.

AFRICA EM POESIA disse...

RUFINA

Venho deixar um pouco de alegria com a minha fruteira
Um beijo




CESTINHA

Cestinha da fruta...
De metal e asas largas....
Cestinha linda...
Que tão bem cheiras...
E o teu aroma...
Espalha-se pela casa toda...


Porque aqui nesta cestinha...


Eu encontrei...
O meu lindo abacate...
Verde e elegante...
A Dona manga bem madurinha...
Fica toda vaidosa...


Depois, dois lindos maracujás...
Muito roxos... fazem companhia...
E tu Ginguenga...
Vermelha e oval...


És apenas o contraste...


E a fruteira...
Tem também...
Duas lindas goiabas...
Doces...
E com um cheirinho...
Que se junta aos outros...
E se estende pela sala...

E tu...Fruteira...

Continuas a deliciar...
Com os teus cajús...
E castanhas de estalar ...



LILI LARANJO

. intemporal . disse...

.

. entre.dores.os.odores.da.brisa .

. seguinte .

.

. bel.íssima ode à dor .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

Saozita disse...

Sofrer faz parte da vida mas é uma licão que todos nos passamos para que um dia mais tarde podermos dar valor. Adorei o seu poema bj com muito carinho.

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

A dor e a tristeza fazem parte do dia a dia.
Que poema lindo.
Aliás todos seus poemas tocam profundamente meu coração.
És um ser especial.
Bjs

ONG ALERTA disse...

Forte e verdadeiro, a maior dor fica lá no coração para sempre, paz.
Beijo Lisette

Saozita disse...

Minha querida amiga obrigado pela tua visita serás sempre bem vinda aqui no meu cantinho já fazes parte dele. Também gostei muito do teu espaço e como tal irei segui-lo com frequência.
Beijo com muito carinho.

Hana disse...

Olha eu aki de novo, vim dar mais umas espeiadas, aki esta tudo de bom, delicia de blog, de texto de tudo.
com carinho
Hana

Um dia de cada vez... disse...

Olá Rufina!

Espero que essa dor tenha diminuido...desaparecido.

bjs
Adriana

Multiolhares disse...

A dor sempre doi nem que embrulhada em papel de cetim, por vezes temos-nos de habituar com ela, pois por mais que fechemos os olhos ela permanece
beijinhos

. intemporal . disse...

.

. re.passo para me espraiar neste jardim en.cantado que constitui a entrada deste magnífico espaço .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Jota Cê e eu vamos nos ausentar por alguns dias, mas saiba que o nosso carinho vai continuar o mesmo, viu?

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Agulheta disse...

Amiga Rufina. A dor é uma nostalgia que avassala a alma.Só sabe quem sente a mesma.me desculpa de só agora aqui vir,fiquei sem internet alguns dias e privada de comentar.
Beijinho

Maria disse...

Querida amiga, deixei um selinho no meu cantinho para si está em:

http://algarve-saibamais.blogspot.com/2010/06/premio-da-amiga-rita.html

O seu blog é super especial e merece esta pequena atenção. Espero que goste.
Bjs do tamanho do infinito
Maria

AFRICA EM POESIA disse...

RUFINA
quando vieres a Portugal eu e a Canduxa vamos tomar café contigo.
Para ti minha amiga.
um beijo

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Rufina, passei para te desejar um ótimo final de semana.
Bjs.
Sonia.

walter disse...

Olá olá!

Querida amiga, venho aqui à sua janela para lhe desejar um feliz dia de aniversário...

Hoje não sinta dor, antes amor, pela dávida que é a vida!

Saudades muitas

Beijos

Tatiana disse...

Que seja passageira essa dor e em breve voltei a reinar a alegria em sua vida!

Um beijo com carinho

manuela baptista disse...

Rufina

há pássaros
que cantam o dia inteiro

os noctívagos
apenas de noite

e há outros
que não conseguem estar calados e segredam-nos aos ouvidos que uma amiga querida festeja hoje o seu aniversário!!

PARABÉNS Rufina!! e como aí é um pouco mais cedo...

ainda cheguei a tempo de lhe dar um beijinho e desejar muitas felicidades!

Manuela

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo texto...Espectacular....
Cumprimentos