sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Saudade


Ó quanta saudade eu sinto...
de tudo e de todos.
Como pode doer e...
ao mesmo tempo...
ser gratificante...
porquê?
Porque tem esse nome...
saudade saudade...
as lágrimas correm...
quando falo esta palavra...
e teimam em cair...
rolam sem parar...
mas porquê?
Tanta saudade...
de tudo e de todos...
de coisas.
Mas as pessoas...
ó quanta saudade...
dessas pessoas.
[Autora:Rufina Lima Mesquita]

21 comentários:

walter disse...

Olá amiga,
Quanta saudade!
Pouco antes, de entrar em seu blog, estava escrevendo um texto, onde a palvra SAUDADE deixei escrita...
Aí, resolvi parar um pouco,para desanuviar e mais tarde retomar o texto. E... justamente, vim dar uma olhada para ver se havia novidades em seu blog... curiosamente você também falando de saudade...

TEMOS QUE MATAR ESSA SAUDADE!
Um beijo de muita saudade, mas...
com um sorriso bem rasgado

Walter

AFRICA EM POESIA disse...

Alegriade Viver.

Minha querida

Os seus olhos também me vêem com muito carinho
gosto muito de si...

A saudade é um problema...dói muito.


beijos

*Lisa_B* disse...

Linda amiga,
saudade de voce e de tempos que não voltam mais...é a vida.
As pessoas...certas pessoas deixam muita saudade não é?
Linda foto arranjou para o texto como sempre faz:-)
Bom fim-de-semana e beijinhos em muitas gotinhas de carinho

Maria José disse...

Rufina, minha querida. Falar de saudade é tão difícil. Principalmente quando temos saudade de quem partiu para a Pátria Espiritual, aquela filha que fazia a alegria de minha vida. Beijos e fique com Deus.

O Profeta disse...

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control


Bom domingo


Mágico beijo

Eliane disse...

É verdade querida amiga!Como pode ser doloroso sentir a falta de uma pesooa e ao mesmo tempo sentir a boa recordação de como ela é importante para nós.
Postagem linda e verdadeira!
Beijinhos cheios de luz e carinho!

Elisabete Tavares Affonso CRT 44107 disse...

que lindo...obrigada por sua agradável visita, uma semana excelente p vc, beijinhos

Eli. disse...

Que texto lindo amiga!
Beijos e uma ótima semana pra vc!

Canduxa disse...

Querida Rufina,

Saudade de tudo e de todos....saudade de casa, da paz e da luz. Saudade sempre está presente na nossa vida e temos de saber viver com ela.
Meu abraço com saudade e carinho

Rufina, tem selo para si nas "Receitas da Canduxa". Por favor passe lá.

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, amiga. Obrigada pela visita e por seu comentário carinhoso.
Não sei se estamos na semana da saudade...
Volte mais vezes, terei sempre uma história para contar.
saudações Florestais !

Tatiana disse...

A saudade é o amor em nós a latejar os sentimento dos momentos bons vivenciados com intensidade.
Um beijo carinhoso e um bela semana para o seu coração.

Carolina Arêas disse...

Querida Alegria,

Aqui do Canadá eu sinto muitas saudades do melhor que deixei no Brasil.

Hoje, em especial, a saudade está mais dolorida ainda...pais, irmão, família, amigos....

Mas amanhã é outro dia e eu tb reconheço o melhor aqui do Canadá!

Beijos!

AFRICA EM POESIA disse...

Alegria de viver

Bonito o gostares.
Vamos pincelando...

Aqui e ali
e vamos mesmo vendo a beleza daquilo que fazemos...


beijos



CHEGOU O PINTOR


Vinha vestido de preto...
Com boné preto e lindo...
Vestia uma bata branca...
Para cobrir o fato...
E não deixar a tinta passar...

O pintor pega na paleta...
Coloca um emaranhado de tintas...
Tintas de todas as cores...
Verdes, amarelas...
Roxos, azuis e encarnado...

Pegou no pincel...
E com arte...
Com saber...
Com magia...
Entrelaçou as cores...
Entrelaçou o seu saber...
Entrelaçou afectos...

E no fim eu olhei...
E nun canto...
Num canto muito especial...
Eu vi...
Umas pintinhas...
Volto a olhar...
E nessas cores...
Nessas pintinhas...
Eu vi que era... "eu"...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

Alegria de viver

Bonito o gostares.
Vamos pincelando...

Aqui e ali
e vamos mesmo vendo a beleza daquilo que fazemos...


beijos



CHEGOU O PINTOR


Vinha vestido de preto...
Com boné preto e lindo...
Vestia uma bata branca...
Para cobrir o fato...
E não deixar a tinta passar...

O pintor pega na paleta...
Coloca um emaranhado de tintas...
Tintas de todas as cores...
Verdes, amarelas...
Roxos, azuis e encarnado...

Pegou no pincel...
E com arte...
Com saber...
Com magia...
Entrelaçou as cores...
Entrelaçou o seu saber...
Entrelaçou afectos...

E no fim eu olhei...
E nun canto...
Num canto muito especial...
Eu vi...
Umas pintinhas...
Volto a olhar...
E nessas cores...
Nessas pintinhas...
Eu vi que era... "eu"...

LILI LARANJO

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Agulheta disse...

Querida amiga. Ai a saudade,é algo sem explicação,pelos sentimentos contidos no peito,tem horas que o mesmo sente a prisão,de alguem que está ausente.
Adorei e a foto magnífica.Beijinhos.

Silvia disse...

A dor da saudade é sempre imensa.
Abraço

Isabela Lennon disse...

Saudade é algo engraçado...

Então, eu não tinha encontrado o selinho no seu blog, mas agora achei, e adorei!

Muito obrigada, de verdade.
vou postar ele lá =)

AFRICA EM POESIA disse...

PARA TI UM BEIJITO

O tempo não é nosso.
Nunca nos prometeu nada.
Nunca nos deveu nada .´Mas...pôs-se à nossa disposição...temos que o aproveitar...

Deixo com carinho...

O TEMPO


Este é o Tempo...
Que foge...
Que escorrega...
Que voa...
Que teima...
Em não estar...
Mas que nós...
Teimosamente...
Agarramos com força...
E não deixamos fugir...
Quando ele escapa...
Voltamos a correr...
E a segurá-lo com força!...

LILI LARANJO

ONG ALERTA disse...

Saudade difícil dizer...apenas sentir...paz.

*Adriana* disse...

É verdade, amiga. É estranho como pode doer e ao mesmo tempo ser gratificante essa saudade que sentimos. E comigo também acontece, basta lembrar-me de algumas pessoas e as lágrimas rolam.

beijos
Adriana