domingo, 12 de maio de 2013

Armazenar

Meu pensamento
é faminto,
pensa sem parar...
armazena
sem descanso.
Fonte infinita...
brotando 
feito grama
no campo...
depois da chuva
que veio
refrescar.
Para a vida recomeçar...
e... mais uma vez
armazenar...
a vivência
do brotar.
[Autora: Rufina Lima Mesquita]

6 comentários:

Eliane disse...

Querida amiga e irmã!
Que poema maravilhoso!Amei!
Que seu pensamento possa ser sempre essa fonte infinita e estar armazenando a vivência do
brotar.
Beijos com carinho!

Agulheta disse...

Olá amiga!O pensamento deve sempre ser elevado,mesmo nos dias mais tristes.
Beijos

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga por vezes gostava e necessitava de poder dar um certo descanso ao meu pensamento...a ver se alivia assim um pouco a minha alma.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Sandra Rossi disse...

E assim a vida segue seu rumo, sempre se renovando.
BJUS!

Branca disse...

Vim com saudades e senti como brotava amor e paz de seu coração.

Obrigada
Beijos
Branca

Adriana disse...

Boa noite poetisa,

Bons pensamentos você os têm, percebe-se nos seus poemas. Somente os bons pensamentos devem ser armazenados. É bom para mim voltar sempre aqui.

abçs