quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Solidão


Estar só é solidão...
talvez ou também...
estou só e não...
tenho solidão...
mas muitas vezes...
estou acompanhada...
e sinto solidão.
Então a solidão...
é só sua...
está dentro do...
seu peito e...
só você sente...
é como ficar triste...
acho que...
estão ligados...
mas tem uma diferença...
pode estar só...
e não estar triste...
sim a solidão é...
tão grande...
quanto gostar de...
ficar só...
ou não gostar.

[Autora:Rufina Lima Mesquita]

34 comentários:

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Solidão quando acompanhada do entendimento, pode ser sim de grande valia. Nos faz refletir e entender nossas necessidades.
Carinho!!!

CarlaSofia disse...

A solidão sentimos quando temos o nosso ser dividido.
O estar só consigo mesmo é algo diferente, e às vezes é muito bom.
beijinhos querida amiga*

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar bom fim de semana
bjsss

aguardo sua visita :)

Agulheta disse...

Rufina.
Sempre pertinente o poema onde a solidão é uma constante,por vezes se pode esta com muita gente e sorrir,e ter solidão.
Beijinhos
Lisa

walter disse...

Olá amiga
SOLIDÃO, pertinente este assunto, em época natalícia... pena que a Humanidade só uma vez por ano, se lembre que ela existe: velhinhos que são abandonados pela própria familia; as minorias rejeitadas pela sociedade por puro preconceito; a fome que meio mundo passa e que a outra metade se entope na abundâcia e ganância, e se esquece que ela própria à solidão é remetida - anda este meio-mundo, rodopiando à volta do seu próprio umbigo, como se males, fomes e solidões nao houvesse... mas estúpidamente, não vê... que ela própria se vai axfixiando na sua avareza e inevitávelmente cairá na mais vazia das solidões...

Mas... você falou em muitos géneros de solidão e muito bem.
Que cada um escolha a sua, se por opção o desejar...
Solidão não desejada... dói, mata...!

Beijo,beijo,beijo

Eliane disse...

Querida amiga!
Linda imagem!
Suas palavras sensíveis denotam bem o que é sentir-se só estando acompanhada.
Que você possa preencher essa solidão com a presença divina quando isso ocorrer.
Beijinhos iluminados com muito carinho!

Laurita disse...

lindo o poema só não condiz com o seu blog. Solidão na alegria de viver? estou a brincar porque a solidão é terrivel. Beijos

Chris disse...

Entre estar só e a solidão existe uma fronteira imensa...
Um abraço
Chris

Silvana Nunes .'. disse...

É com muita alegria e satisfação que retornoa esse agradável e encantador espaço, agradecendo sempre a sua audiência.
Hoje eu trago para você uma história bem interessante, a do EMBONDEIRO, mais conhecido no Brasil como BAOBÁ, espero que goste.
Volte mais vezes, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... terá sempre uma história para te contar.
Que a PAZ e o BEM estejam sempre com você.
Beijo grande,
Saudações Florestais !

Marcia disse...

Passei para lhe desejar um lindo fim de semana!
Abracos!

Telmo disse...

Solidão que palavra tão terrivel quando a chegamos a sentir mesmo estando no meio da multidão onde ninguem nos presta atenção onde por vezes queremos falar mas parece que temos uma barreira, mas também por vezes estar só faz-nas sentir bem e relaxados, sei lá eu vamos nós entender a nossa complicada mente humana, agora a solidão na velhice essa sim deve ser mais sentida creio eu por aquilo que já vi por este país fora, beijos, bom fim de semana..

AFRICA EM POESIA disse...

Rufina
Linda a tua poesia


Hoje outro dia especial O meu livro de Natal já "nasceu".

Um livro é um pouco de nós esteé o meo6º livro..

Esta Poesia é diferente è também um grito para que Natal seja todos os dias.. Acredito que este Natal vou vender muitos...


Agora deixo um beijinho e...


A VIDA ESTÁ...


A vida está Aqui neste lugar
A vida é tudo isto que tú vês...
A vida é este rio que corre devagar...
A vida é esta lua que te enfeitiça...

...E neste lugar que é mágico...
...Que te deixa ver tudo que quer
...Em que deixa o rio molhar-te os pés...
...E que a lua te beija quando queres...

Sentes e terás a certeza desta vida...

A vida que corre tão depressa...
A vida que nos faz rir, mas também chorar...
A vida que nos deixa amar intensamente...
A vida que tudo dá e tudo tira...

...E nesta vida sempre a correr...
...Quando rio quando me apetece chorar...
...Porque tenho amor e muitos sentimentos...
...E encontro um pedregulho no caminho...

...E então... volto para trás...
...Tenho que dar a volta ao pedregulho...
...E ir para outro lugar...
...Mas contorno-o, vou e rio...

Porque tu vida, gostas de complexidade...

Tu vida sabes a força que tens...
Tu vida deixas que os teus braços nos envolvam...

E nós... deixamos que eles nos envolvam...
Nos abracem e nos deixem sonhar...

LILI LARANJO

Ricardo Calmon disse...

verdade linda alma viva portuguesa que from Rio habita, solidão essa,parte faz de viseral nosso,como assim?te respondo Rufina,tenho uma esposa infinita,quase materna a dedicação dela,filhos maravilhosos,uma neta que o céu é,grato à vida e a Deus,mui bem sucedido profissional e financeiramente ,e solidão que me acompanha desde a infancia,contundente é!

bZU MÃOS SUAS,RUFINA QUERIDA!

VIVA VIDA

Carolina Arêas disse...

Solidão palavra cavada no coração
Resignado e mudo
No compasso da desilusão

Paulinho da Viola

Carolina Arêas disse...

Solidão palavra cavada no coração
Resignado e mudo
No compasso da desilusão


Paulinho da Viola

Sandra disse...

Um nome tão sugestivo que vim conhecer.
Vim, vim, e vim e cheguei até aqui. Vejo que é lindo e belo o seu blog.
Tem carinho e amor.
Por isso, venho lhe convidar, para conhecer o meu blog, Poetas. e se gostar, desafio ainda mais, em ser a minha mais nova seguidora.
topas??
então é só vim vim e ouvir o que diz o coração.
Quem sabe a solidão vai embora com a dor, a chuva, o vento e deixa o amor falar...

Como é bom escrever com a voz do coração amigo.
Se ainda não conheces este cantinho da poesia, deixo o convite para vc.
Poetas um Voo Livre te espera.
http://sandraregina7.blogspot.com/
Seja bem vindo neste mundo, da poesia, onde o Amor dos poetas falam mais lato.
Com carinho
Sandra

Mariza Matheus disse...

A solidão machuca a alma. Um mal da nossa sociedade moderna.

Abraço a todos

Mariza :-)

*Adriana* disse...

Boa noite, linda amiga!

Tem muita razão, muitas vezes apenas queremos ficar sós e não estamos tristes nem mesmo sentimos solidão.
Linda imagem!

Um grande abraço e bom Domingo!
Adriana

ONG ALERTA disse...

Acho que hoje em dia as pessoas são muito sozinhas, egoistas e individulistas, talvez nem falem umas com as outras...mas solidão é um aperto no peito, é um vazio, é uma saudade que fica para sempre, paz no coração este ajuda a viver.

Marcia disse...

Olá!!
Tem um selinho no meu blog para você!
Concordo com o que nos diz a nossa amiga Adriana, sobre o verso.
Beijos

Canduxa disse...

Querida amiga,

A solidão existe dentro de nós...somos nós que temos de a combater, de escutar a sua voz e de perceber porque sentimos essa solidão.
Muitas vezes sentimos solidão estando acompanhada, por isso mesmo é algo que é só nosso.

Quando sabemos dar e receber, olhar e sentir, escutar e entender...a solidão acaba por desaparece.

Uma linda reflexão.

Beijinhos com muita luz

Lú Silva disse...

Verdade viu... as vezes mesmo cercado de possas nos sentimos tão só... eu já vivi isso inumeras vezes!!!!

Obrigada pela visita e carinho...

bjos

Baú da Joaninha disse...

Querida Rufina,

Parabéns pelo lindo e tão verdadeiro Poema.
Que Deus a acompanhe sempre para que nunca se sinta só.
Beijinhos,

Joana

EVELIZE SALGADO disse...

Vim agradecer e te convidar para passar lá n'A MELHOR ALTERNATIVA.
Bjs

Mariana disse...

Eu até gosto de ficar as vezes sozinha, mas a solidão eu não quero.
Apesar q mts podem ficar na multidão e estar totalmente na solidaõ.
Gosto d passar aqui.
bjs

Padma Shanti disse...

A solidão é minha amiga, me acompanha por toda vida e estará comigo até o fim.
Na solidão ouço a voz de minha alma e sou feliz!
Você tem muita sensiblidade, parabéns...
beijos querida, namastê!

Anônimo disse...

Querida Rufina, obrigada pela visita e pelas palavras de apoio que me deu. Como é bom encontrar na blogosfera pessoas amigas e carinhosas como tu és.

Um grande abraço
Adriana

*Lisa_B* disse...

Querida amiga,
gostei do que li e espero que não se sinta só por cá no meio de tantas pessoas.
Tenho andado pouco cá porque já viu ando a trabalhar muito a fazer bijusterias e caixinhas :-) depois ainda chego e levo o filhote ao Treino de futebol e na música. este mês está complicado para visitar e comentar nos blogs das amigas lindas que tenho mas peço desculpa e prometo que em Janeiro compensarei.
Beijinhos com carinho

AFRICA EM POESIA disse...

Rufina

O meu livro de Natal é para mim ...Magia...Espero que ao lerem um pouco do que vou deixando... sintam o mesmo
eu Gostava de sentir todas as crianças a terem sempre Natal

um beijo

MENSAGEM DE NATAL

Natal
Do menino negro
Que é igual
Ao menino branco
E o menino negro
Ao ser amamentado...
A sua Mãe
Também Negra
Alimenta-o
Dá-lhe o seu leite
Leite de Negra
Que é apenas
Leite Branco!...

LILI LARANJO

Padma Shanti disse...

Namastê!
Tem um selinho pra vc em meu blog, beijos :)

BC disse...

Pois é Canduxa a solidão é terrível, podemos estar acompanhados e senti-la na mesma e isso penso que ainda é pior.
O melhor mesmo é ter sempre alguém ao nosso lado.
Beijinho

Dri Viaro disse...

Hoje é sexta, então sorria!!
E tenha um fds abençoado
bjsss

já estou seguindo o blog

Sofia Carvalho disse...

Solidão e estar só são coisas diferente alegriadeviver. Preciso Ás vezes da minha solidão para me defenir como pessoa, para saber para que lado vou ou caminho. Isolo-me com bastante frequência, sem contudo me sentir só. às vezes no meio da multidão, das pessoas, aí sim sinto-me só:)
Beijinhos minha querida

BC disse...

Como já comentei este poema, passo e deixo um beijO!!!