quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

AS FOLHAS

Vestindo arvores...
as folhas crescem...
para depois...
de um ciclo completo...
caírem.
Se desprendem naturalmente...
colorindo o chão...
com tantas cores.
Folhas parecendo...
o proprio arco-iris
não precisa de pinceis...
Embelezam suas arvores.
Na primavera com...
todos os tons verdes...
no outono com...
tons amarelos vermelhos...
e muitos mais.
A real natureza agindo com amor...

num ato de humildade e confiança...

Tão verdes, tão perfeitas.

Com formas diferenciadas
.
Pedacinhos da criação de DEUS.
[Autora; Rufina Lima Mesquita]

2 comentários:

Eliane disse...

Querida amiga e irmã!
Amei seu poema!
Beijos com carinho!

Maria Rodrigues disse...

Um poema tão belo como as folhas das árvores que adoro ver esvoaçar ao vento.
Beijinhos
Maria