quarta-feira, 5 de maio de 2010

Plantação


Eu planto...
para colher...
um momento...
de exaltação...
ou de transformação.
Planto mas...
não tenho...
certeza do que...
estou plantando.
Chega o momento...
de sentir...
a colheita que...
nunca encontra...
o terreno pronto...
para reproduzir...
tudo que plantou.
Sentindo que a...
plantação continua.

Autora: [Rufina Lima Mesquita]

36 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

rufina
lINDA A TUA PLANTAÇÃO...
BEIJOS


RIACHO


A água corre entre as pedras
Pedras largas e lisas
Muitas e compactas
Mas a água leve e lisa
Escorre por entre as suas fendas
Fendas bem estreitas
Que os meus olhos enxergam


E a água cristalina e fria
Vai correndo e deslizando
E eu vejo o riacho
Que corre...
Que vive...


Que sente...
As minhas mãos a afagarem...
A água...

E sente...
Os meus lábios
A beberem...
E a beijam!...

LILI LARANJO

Silvia disse...

Oi Rufina
teu blog está cada vez mais lindo.
Abraço

Canduxa disse...

Querida Rufina,

Vamos plantar até ao fim do caminho, só assim vamos poder colher todos os frutos.
Por isso sentes que a plantação continua...é assim mesmo.


abraço com muita luz

Agulheta disse...

Querida amiga.Eu sempre tento plantar o melhor,paz amor,solidariedade e sempre amizade.Mas por vezes ainda pensamos para dentro de nós!Será que toda a plantação,vai dar aquele fruto de esperança que todos nós desejamos...eu espero sempre por isso.
Beijinho de amizade Lisa

Jakeline Magna disse...

lindoooo poema... parabéns...

manuela baptista disse...

Rufina

pois que continue a plantação!

mesmo na incerteza de qualquer colheita

um abraço

Manuela

walter disse...

Oláaaaaaaaaaaa!

Escolhendo a melhor das sementes o melhor dos terrenos, regando e ferilizando, concerteza que colheremos bons frutos... e a vida é isso mesmo: plantar, deixar crescer para depois colher!

Eu já me plantei aqui, já ganhei raízes...

Planto agora um enorme beijo, como semente que se espera que seja a de uma amizade eterna.

Walter

Brancamar disse...

Querida Rufina,

Toda a semente lançada à terra dá fruto...mais cedo ou mais tarde e mesmo quando o terreno não parece propício vamos teimosamente plantando, adubando, regando até ver nascer a mais bela das flores.
A plantação continua sempre.
Beijinhos
Branca

Eliane disse...

Querida amiga!
Bela postagem!
Simplesmente plante e em algum momento dará frutos!
Beijinhos com muito carinho!

FlorAlpina disse...

Bonito poema!

Bjs dos Alpes

Sofia Carvalho disse...

Rufina, ñunca te canses de plantar. algum dia colherás os frutos daquilo que plantaste, mas isso tu já sabes não é querida?!
Lindas as tuas palavras Rufina!
Beijinhos

Maria disse...

Querida amiga, quem planta sempre acaba sempre por colher.

Obrigado pelas doces e ternas palavras que deixa no meu humilde cantinho. Adoro as suas visitas e é sempre um prazer enorme recebê-la.

“A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)

Bjs do tamanho do infinito
Maria

*Adriana disse...

Boa noite Rufina,

Viajei para Vitória, cheguei agora a pouco, por isto meu atraso aqui no teu blog.
Teu poema sintetiza muito da nossa vida diária, é assim mesmo, enquanto vivermos, continuaremos plantando e colhendo...

beijos
Adriana

ONG ALERTA disse...

Que bom quando conseguimos colher nossos frutos, um feliz dia das mães, paz Lisette.

Sandra disse...

PASSEI PARA DEIXAR O MEU ABRAÇO. E DIZER QUE MORAS NO MEU CORAÇÃO..
MEUS MIMOS http://sandraandrade7.blogspot.com/
TEM CARINHO PARA TODAS AS MÃES...
TEM NA INTERAÇÃO DE AMIGOS UM
http://sandrarandrade.7blogspot.com PRESENTE PARA VC.
FELIZ DIA DAS MÃES.
CARINHOSAMENTE.
SANDRA

DESCULPE MINHA AUSENCIA.MAS NÃO FOI POSSIVEL VIR ANTES. ESTAVA TAMBÉM COM SAUDADES DE VC.
TENHO QUE DIVIDIR MEU TEMPO EM MIL.
MAS OS AMIGOS MORAM DENTRO DO MEU CORAÇÃO E PENSAMENTO. POR ISSO JAMAIS SERAM ESQUECIDOS. PASSE O TEMPO, PASSA AS HORAS. MAS VC ESTARÁ COMIGO..MINHAS LEMBRANÇAS SEMPRE ME REPORTAM ATÉ VC. OS HORIZONTES SÃO GRANDES, MAS O AMOR ENCURTA ESTA DISTANCIA.
UM GRANDE ABRAÇO.
SANDRA

Eli. disse...

Lindas palavras!
Feliz dia das mães!
Um abraço pra ti amiga!

LILI LARANJO disse...

RUFINA

Obrigada pelo carinho demonstrado no aniversário do meu marido.. Juntos caminhamos
juntos sofremos
juntos amamos.
A vida é assim...
Com amor vamos caminhando...

Obrigada pelo carinho demonstrado...

crônicas disse...

Bom dia Rufina!

Passei para te deixar meu abraço neste dia especial.
Feliz dia das Mães!
Eu já recebi minhas flores e vc já ganhou as tuas?

Bjs
Adriana

Lilá(s) disse...

O importante é continuar plantando...
Bjs

Maria José disse...

Obrigada pelas palavras no Dia das Mães. Parabéns a você também, minha amiga. Ser mãe é uma missão diária. Beijos e fique com Deus.

Lilah disse...

Eu planto estrelas, luz, som e cor.
Planto paz, suavidade, alegria e amor.
Planto sem nada esperar... olho o céu e o luar.
De repente,
Vejo a frente
Um jardim me iluminar!!!

Luz no teu plantar!

lili laranjo disse...

Rufina

um beijo e...



CONFIANTE


Uma semana vai...
Uma semana vem...
E com ela mais sonhos...
E vamos aprendendo a sonhar...
Para podermos viver
E sentir que a vida é linda
E tem sempre algo de novo...
Para podermos sorrir...
Temos que olhar à nossa volta...
E estar sempre atentos...
Pois algo de novo aparece...
E muitas das vezes...
Nada esperamos...
Na corrida da vida...
Fica pouco tempo...
Mas quando a felicidade surge...
É com a mão aberta...
Que a esperamos...
E a guardamos!...




LILI LARANJO

. intemporal . disse...

.

. entre.colheitas .

. na plantação do momento .

. de alento .

. um beijo, amplo e especial .

.

. paulo .

.

Tatiana disse...

Com essa rica plantação... terá sempre bons frutos!
Desculpa a minha ausência nos comentários, a vida tem estado bastante corrida aqui.
Um beijo carinhoso

Isabela Lennon disse...

... e nunca tem fim. =)

Maria José disse...

Rufina. A nossa colheita sempre dependerá do que plantamos. Beijos, amiga e fique com Deus.

Maria disse...

Querida amiga venho lhe desejar um excelente fim-de-semana.

Obrigado pelas suas visitas ao meu humilde cantinho, é sempre uma alegria enorme, no final do meu dia ver os seus recadinhos.

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.” Carlos Drummond de Andrade

Bjs do tamanho do infinito
Maria

Reflexos de MiM disse...

Quem planta sempre colhe e colherá.
E quem semeia assim palavras, bom frutos vai saborear...
Lindo o poema.
Terno o sentir...

Reflexos de MiM disse...

...voltei para dizer que será meu também o prazer de ser sua amiga.
Beijo de bom fim de semana

M. Lourdes disse...

Rufina
Continue minha amiga.
Continue a sua plantação. Um dia encontrará a colheita que deseja.
Beijinhos
Lourdes

EVELIZE SALGADO disse...

Certezas são coisas prontas, não dão espaço para novas sementes germinarem.

Continua plantando, querida, e colherás flores perfumadas, de almas alegres, mostrando a beleza desta caminhada.

Grande beijo e ótimo final de semana.

Brancamar disse...

E eu repasso para sentir a paz do teu jardim...o rio que corre e a plantação que continua a tocar a nossa alma.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Branca

. intemporal . disse...

.

. e re.volto . porque aqui volto i.númeras vezes,,, para contemplar o jardim da entrada .

. simples.mente genial .

.

. onde me a.dentro .

.

. um beijo meu e um bom fim de semana, .

.

. paulo .

.

Telmo disse...

Olá, é sempre agradável vir aqui ver suas palavras e sua pagina cheia de côr e alegria, quase sempre aquilo que plantamos e tratamos com amor e carinho acaba sempre por produzir seus resultados, beijos, bom fim de semana.

Elisabete Tavares Affonso CRT 44107 disse...

oiii teu blog tá uma graça, parabéns, amo suas poesias e pensamentos!!!! Passe no meu e pegue um selinho para o teu lindo
cantinho.

AFRICA EM POESIA disse...

Rufina
vim deixar um beijinho


CORAÇÃO VERDE


Peguei no meu coração
E tentei que se fechasse...
Peguei numa chave brilhante...
E tentei que ele não sofresse...


Mas o meu coração é mole...
O meu coração é Verde
E está cheio de Esperança...
E também de boa fé...


E acredita... que aqui...
Não precisa de chave
E vai continuar a ser Verde...
Porque o verde da esperança...
Mistura-se com o
Vermelho do sangue

LILI LARANJO